Em formação

Alívio para bolsas anais bloqueadas em um canino


Se você notar seu filhote deslizando o traseiro ao longo do solo, seus sacos anais, também conhecidos como glândulas anais, provavelmente o estão incomodando. Para fornecer alívio, leve seu filhote ao veterinário para esvaziar essas glândulas e tratar infecções.

Glândulas anais

Seu filhote tem dois sacos anais do tamanho de uma ervilha em cada lado do ânus nas posições de 4 horas e 8 horas, de acordo com PetEducation.com. Essas bolsas contêm uma secreção oleosa que é emitida quando seu cão defeca ou fica excitado. A secreção tem um cheiro desagradável para os humanos, mas contém feromônios especiais que os cães usam para marcar seu território. Embora a maioria dos filhotes não tenha problemas com essas glândulas, às vezes elas podem ficar obstruídas com o fluido espesso e oleoso que contêm, e seu filhote não será capaz de esvaziá-las. Se não puderem ser esvaziadas, as glândulas sofrem impacto com o material interno. As glândulas impactadas ficam inchadas e podem infeccionar ou sofrer abcessos, causando dor e desconforto para o seu filhote.

Sinais e sintomas

Observe seu filhote em busca de sinais de que as glândulas anais o estão incomodando. O sinal mais comum de problemas nas glândulas anais é quando ele arrasta ou "desliza" o traseiro pelo chão para coçar as glândulas que coçam, de acordo com Dogster. Ele também pode começar a lamber ou morder a região anal, o que pode causar infecções ou abcessos. Em alguns casos, você pode notar sangue ou inchaço na região anal e seu filhote pode ter dificuldade de eliminar. Se seu filhote tiver fezes moles, ele pode acabar com problemas de glândula anal. A diarreia ou as fezes moles não pressionam suas glândulas anais quando ele elimina e as glândulas não se esvaziam, levando a bolsas anais impactadas.

Tratamento Veterinário

Aos primeiros sinais de problemas de glândula anal em seu cão, você precisa levá-lo ao veterinário para tratamento, o que lhe proporcionará alívio para seu traseiro irritado. Seu veterinário esvaziará manualmente as glândulas, apertando-as suavemente com os dedos para expelir o fluido de dentro, eliminando a impactação. Ela também pode prescrever antibióticos orais para eliminar infecções nas glândulas anais. Se uma das glândulas estiver com abscesso, o veterinário pode precisar lançar, drenar e limpar o abscesso. Ela pode até mesmo injetar antibióticos nas próprias bolsas para tratar infecções. Para cães com sacos anais cronicamente impactados, seu veterinário pode realizar uma cirurgia para removê-los permanentemente e interromper o problema, de acordo com PetMD.

Considerações

Embora qualquer cão possa ter sacos anais afetados, raças pequenas como beagles, chihuahuas, poodles em miniatura ou de brinquedo e lhasa apsos são mais propensas a problemas de glândula anal do que raças maiores, de acordo com WebMD. Cães com excesso de peso também são mais propensos a problemas de glândula anal do que aqueles com peso saudável. Para evitar problemas nas glândulas anais, alimente seu filhote com uma dieta rica em fibras para manter as fezes volumosas, de modo que pressione as glândulas anais quando ele as elimina, esvaziando-as naturalmente. Seu veterinário ou tratador também pode esvaziar manualmente as glândulas regularmente para você, se seu filhote for propenso a impactações.

Referências


Assista o vídeo: Devo espremer drenar a Glândula Anal do meu cão sempre? (Julho 2021).