Informação

Ronco de gato: quando ir ao veterinário


Quando um gato ronca, pode parecer uma peculiaridade estranha. No entanto, também pode ser um sintoma de uma doença que causará mais problemas de saúde no curso seguinte. Se você tiver os seguintes sinais, você deve ir ao veterinário com a pata de veludo. O ronco em gatos pode ser anatômico ou um sinal de doença. - Shutterstock / TalyaPhoto

Além do volume, muitas vezes é inofensivo para os gatos roncarem. Mas de onde vem o ronco? Isso pode ter causas inofensivas, mas também questionáveis.

Ronco de gato: causas inofensivas

As seguintes causas são inofensivas, desde que o seu gato não sofra interrupções respiratórias - a chamada apneia do sono - ou até mesmo falta de ar durante o sono. Nesse caso, uma visita ao veterinário é sempre aconselhável.

  • pólipos nasais: Crescimentos benignos de tecidos com tamanho de até 2,5 centímetros podem estreitar as vias aéreas e causar ronco. Um veterinário deve ser consultado para um diagnóstico confiável de pólipos nasais. Isso coloca seu gato sob anestesia e examina a boca, a garganta e os seios nasais para detectar excesso de tecido. Esses crescimentos de tecido são removidos o mais rápido possível ou mais tarde em uma cirurgia separada do pólipo. Seu gato deve estar de boa saúde antes do procedimento.
  • Vias aéreas deformadas em gatos com pedigree: Ao criar o gato persa, por exemplo, o crânio facial consideravelmente reduzido geralmente garante que o gato ronque. Como o ronco é anatômico, geralmente não causa motivo de preocupação. É alto quando você dorme.
  • Outras causas anatômicas: Além disso, flacidez do palato mole, amêndoas crescidas ou uma pequena mandíbula inferior do seu gato podem ser a razão do ronco. Então deveria ter havido algum barulho enquanto dormia. Nesse caso, é apenas alto, mas inofensivo.

Epilepsia em gatos: causas, sintomas, tratamento

Como seres humanos, os gatos podem sofrer de epilepsia. O que causa as convulsões convulsivas ...

Quando o veterinário é necessário para o ronco

Basicamente, você deve ir ao veterinário, especialmente se sentir ronco repentinamente. Isso pode ser devido a doenças graves.

  • doenças infecciosas: Infecções respiratórias podem causar ronco aparecendo repentinamente. É importante saber se é apenas uma infecção inofensiva da gripe, ou seja, um resfriado ou um resfriado perigoso. Isso é extremamente ameaçador, especialmente para animais jovens. Para obter certeza e o tratamento certo para o seu gato, é essencial verificar com o veterinário. O resfriado do gato pode ser desencadeado por diferentes patógenos, que devem ser determinados para a terapia correta.
  • Tumor no trato respiratório: Novamente, se ocorrer ronco repentinamente: vá ao veterinário! Não detectado, um tumor avançado pode se tornar muito perigoso e, na pior das hipóteses, causar falta de ar.
  • Obesidade: Se o seu gato está acima do peso e o trato respiratório é bloqueado pelas compressas de gordura, o ronco pode ser um dos muitos sintomas. É uma indicação de que a perda de peso é necessária. Isso também deve ser feito sob instruções veterinárias.
  • apneia do sono: Este é um distúrbio respiratório relacionado ao sono que também ocorre conosco, bípedes. É caracterizada pelo fato de interrupções respiratórias duradouras ou muito frequentes ocorrerem durante o sono. Em algum momento, isso pode levar a danos consideráveis ​​no sistema cardiovascular, pois há uma insuficiente oferta repetida de oxigênio e um nível excessivo de dióxido de carbono no sangue.

Ronco como sinal de confiança

Na melhor das hipóteses, seu gato simplesmente se sente confortável com você. Depois cai tanto quando dorme que começa a roncar. Neste caso, parabenizamos você por construir uma relação de confiança extremamente saudável com seu gato.

Você também pode estar interessado nestes tópicos relacionados à saúde do gato:

Gato babando pesadamente: ela está doente?

Se o gato está rouco: por que está?

Gato com frio: tratamento

0 comentários Conecte-se para comentar